FacebookTwitterGoogle+Linkedin
Baralho Literário
Q
Abraçarei céu azul

Todo o firmamento

E soprando lá do sul

Vem de novo outro vento.Clicando aqui, você lê a poesia completa
Q
3
Aos doutos olhos, o seu Ayrton é apenas um décimo da escória dos esgotos, mas, em sua carteira de clientes, havia algumas dúzias de “seus ayrtons”. Isto, por si só, pode parecer clichê. Pois, então, meu caro Leitor exigente, vamos alavancar o nível do nosso bate-papo (muito confortável pra mim, afinal somente eu falo).Clicando aqui, você lê o texto completo
3
K
Se Chronus, do alto, ordena
Se somos incautos, pena
Que há espera... passou tão lento...
Que a esfera girou, sem vento.

Três décadas e meia
Amores súbitos em vão
Vês que não chega a ceia
Prostrar, decúbito, então.Clicando aqui, você assiste ao filme
K
Clique sobre o baralho!