FacebookTwitterGoogle+Linkedin
Baralho Literário
8
– Não chora, Bartira, você é linda por dentro. Tão maravilhosa quanto o seu nome. Se os homens não veem a sua beleza, o problema está neles e não em você.
Era uma lábia bem fraquinha, mas, com a Bartira funcionava. Ela parava de chorar e eu mandava brasa. Fazer o quê? Era o que tinha pro rango. Melhor do que ficar no cinco contra um...Clicando aqui, você assiste ao vídeo com animação gráfica
8
8
Assim é a poesia... breve como uma locomotiva a vapor que passa, tamanha sua complacência com a efemeridade humana, sempiterna como o ferro-fundido de um comboio de vagões que faz a curva dos trilhos para detrás das montanhas, mas que fica na memória, como doce que pode ser saboreado, a cada brisa suave e primaveril, dessas que pegam a gente de surpresa...Clicando aqui, você lê o texto completo
8
7
Bom dia. São seis horas da manhã
Na pia, copo de leite com maçã
Sorria. Você está na minha mira.
Sonhei com sorriso no rosto
Levantei e admiro o que é exposto
É lei. Pode ler, aqui, confira.
(Trecho da letra de música "Bom dia, Lyra!")
Clicando aqui, você ouve a música
7
Clique sobre o baralho!